Current Zoom: 100%

Login BeneficioSaude.com

Médico do trabalho esclarece sobre causas de afastamentos

Médico do trabalho esclarece sobre causas de afastamentos

Se você falta ou já faltou ao trabalho, saiba que seu comportamento é contabilizado por fenômeno que tem nome científico, o absenteísmo. 

E há especialistas estudando esse desempenho a fim de solucionar suas múltiplas causas. Sabe-se que um trabalhador pode faltar ao trabalho por motivos administrativos, por necessitar acompanhar algum familiar doente ou mesmo pela perda de um ente querido.

Porém, as faltas que sobrecarregam o mercado são causadas por problemas de saúde do trabalhador.

De acordo com o médico do trabalho Carlos Henrique Santos de Pádua, as faltas por motivos de saúde podem ser causadas por doenças ocupacionais, ou seja, aquelas relacionadas ao tipo de trabalho exercido, ou por outras enfermidades, mensuradas pela apresentação de atestados.

O fenômeno é o resultado do número de faltas dos funcionários de uma determinada empresa, sendo um indicador para a empresa medir seus custos, porque, de acordo com a Lei dos Atestados, a empresa deve remunerar o empregado mesmo que ele não tenha desempenhado sua função na empresa.

O especialista destaca que hoje há diversas formas de evitar o absenteísmo acima do normal em uma empresa. “Um valor de absenteísmo é natural que aconteça mensalmente na empresa, porque é previsto que as pessoas adoeçam. Mas quando esse número atinge patamares mais elevados do que o que é previsto é preciso instituir um modelo de gestão que vai descobrir quais as causas dessas faltas”, explica. 

Pádua esclarece ainda que, no Brasil, a principal causa de afastamento por motivo de saúde é gerada por doenças do grupo LER-DORT (Lesão por Esforço Repetitivo e Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho). São aquelas que compreendem enfermidades ósseas, musculares e ortopédicas. Já as doenças psiquiátricas, em especial a depressão, saltaram do quinto lugar no ranking de causas de afastamento para o segundo lugar.

Avaliação. O médico do trabalho alerta que, para evitar gastos com afastamentos, as empresas precisam investir em melhorias da qualidade de vida de seus funcionários.

É um custo-benefício que acaba sendo menor e mais vantajoso para ambas as partes e não inviabiliza negócios. “Observamos que a empresa oferece riscos no ambiente de trabalho que comprometem a saúde do colaborador. A intenção real do controle do absenteísmo é aquele em que é feita, a partir do atestado, uma análise epidemiológica. 

Ou seja, é possível levantar números em cima da causa do atestado. Com essa informação e conhecendo o setor que o funcionário trabalha, consigo descobrir qual a causa do absenteísmo. E muitas vezes as causas são condições inseguras de trabalho, como um trabalho repetitivo, que exige postura inadequada ou esforços físicos exagerados”, completa.

Fonte: 
Jornal da Manhã / Redação Benefício Saúde.com
Dr. Carlos Henrique Santos de Pádua

Consultoria de Beneficios, Consultoria em Saude Suplementar, Plano de Saude Empresarial, Plano Odontologico Empresarial, Beneficio Saude, Assessoria em plano de saude, Assessoria em beneficios, Beneficios Empresariais, Beneficio de RH, Beneficios de Recursos Humanos