Current Zoom: 100%

Login BeneficioSaude.com

Diagnóstico precoce de Alzheimer melhora a qualidade de vida

Diagnóstico precoce de Alzheimer melhora a qualidade de vida

Estima-se que cerca de 25 milhões de pessoas no mundo sofrem do mal de Alzheimer, sendo um milhão delas somente no Brasil. São pessoas que enfrentam diariamente alterações de comportamento provocadas pelos sintomas da doença, entre eles a perda da memória. 

Infelizmente, médicos e pesquisadores ainda não descobriram a cura para a doença, mas a ciência foi capaz de desenvolver técnicas com o objetivo de retardar o surgimento de sintomas, como a perda da capacidade cognitiva. Por isso, quanto mais cedo for feito o diagnóstico da doença, mais eficaz será o tratamento com a finalidade de oferecer melhor qualidade de vida aos portadores.

Segundo a enfermeira Nayara Araújo dos Reis, o mal de Alzheimer é uma doença neurodegenerativa, que provoca o declínio das funções intelectuais, reduzindo a capacidade de trabalho e convívio social por interferir no comportamento e até mesmo na personalidade. “Hoje, o diagnóstico é feito por exclusão, eliminando-se a existência de outras doenças do mesmo tipo para depois classificar a doença. Podem ser pedidos alguns exames, como tomografia e ressonância magnética, mas o principal é realizar a anamnese clínica, uma espécie de entrevista, sobre sinais e sintomas. Através dessa conduta é possível diagnosticar o mal de Alzheimer”.

A especialista destaca que, embora esta seja uma doença mais comum entre pessoas com mais de 60 anos, nem todas as pessoas anteriormente consideradas “caducas” desenvolvem a doença. “No entanto, já existem relatos de pessoas que aos 40 ou 30 e poucos anos foram acometidas pela doença”, frisa a enfermeira. 

Entre os sintomas que mais chamam a atenção está uma das principais características do Mal de Alzheimer, que é a perda da memória recente. Começa a se manifestar em ações simples e cotidianas, como esquecer o fogão ligado ou o telefone fora do gancho, por exemplo.

A memória passada geralmente é o último nível, última capacidade perdida pelo portador. “Por isso, é importante a família estar atenta a essas pequenas coisas que surgem no início.

Com o passar do tempo, em que a pessoa continua tendo esse comprometimento cognitivo, é fundamental iniciar o acompanhamento. Quando se descobre precocemente a doença, tanto médicos quanto a família têm condições de se organizar, definindo ações, como iniciar o tratamento com medicamentos que podem retardar a evolução da doença”, completa Nayara.

A enfermeira alerta ainda para outro ponto positivo do diagnóstico precoce, que é a atenção com a segurança do portador. Isto porque, com conhecimento, é possível reduzir o risco de o portador se envolver em acidentes. Outra técnica de prevenção contra a evolução da doença é a realização de estímulos por meio de exercícios físicos e mentais, como através da leitura e da resolução de quebra-cabeças e palavras cruzadas.

Fonte: Jornal da Manhã / Redação Benefício Saúde.com

Diagnóstico precoce de Alzheimer melhora a qualidade de vida

Consultoria de Beneficios, Consultoria em Saude Suplementar, Plano de Saude Empresarial, Plano Odontologico Empresarial, Beneficio Saude, Assessoria em plano de saude, Assessoria em beneficios, Beneficios Empresariais, Beneficio de RH, Beneficios de Recursos Humanos